Expectativa x realidade do tratamento ortodôntico


A gente sempre espera o melhor de um tratamento ortodôntico. Ter dentes lindos e alinhados é o desejo de todo paciente que passa pelo processo e, de fato, é o que realmente acontece no final. Porém, no meio do caminho você acaba passando por alguns apertos devido as consultas de manutenção, fica surpreso com as novas etapas da higiene bucal, sem falar dos alimentos que você vai ter que abrir mão por algum tempo. Nem tudo é um mar de rosas, não é mesmo? Mas nós garantimos que vai dar tudo certo para você e seu sorriso. Veja como é a expectativa e realidade de um tratamento ortodôntico.

EXPECTATIVA: TER DENTES BONITOS E ALINHADOS

Ter um sorriso bonito e certinho é o sonho de muita gente. Ainda bem que o aparelho ortodôntico ajuda bastante nesse processo. Ele é a melhor solução para pacientes que têm problemas como diastema, dentes empilhados, mordida aberta, cruzada ou qualquer outro cenário que leva a má oclusão. Esse acessório é o tratamento mais indicado pelos dentistas para trazer o bem-estar e qualidade de vida bucal em apenas alguns meses ou anos, podendo variar em cada caso. Mas a gente sabe que o ciclo ortodôntico não é um processo tão fácil de passar e tem suas realidades.

REALIDADES

1) Os espaçadores: Tudo começa com os espaçadores. Antes de instalar as estruturas, bráquetes e fios, o paciente recebe espaçadores - aquelas famosas borrachinhas elásticas que são instaladas entre os dentes molares. Elas criam um espaço entre eles para encaixar as bandas do aparelho. Essa movimentação causa grandes incômodos ao paciente. Dores e o inchaço na região são quase que inevitáveis, mas não se desespere, pois sempre há aquele analgésico recomendado pelo seu dentista que alivia todo o desconforto.

2) O primeiro dia com aparelho: Assim que você coloca aparelho parece que tudo muda. Você demora dias para se acostumar com alguns hábitos. Comer pela primeira vez é um pouco estranho já que os alimentos só querem saber de grudar nos seus ferrinhos. Falar e sorrir também não chega a ser algo que você ache normal, já que as estruturas ainda são uma novidade. Mas fique tranquilo, que toda essa sensação vai passar! Basta ter um pouco de paciência.

3) A higiene bucal fica mais demorada: Digamos que a limpeza dos dentes vai levar um pouco mais de tempo. Além das ferramentas que você já está acostumado a usar, outros itens serão utilizados, como a escova interdental e o passa fio. Já a escova de dentes normal será substituída pela ortodôntica que varre todas as bactérias além dos ferrinhos. O lado bom é que você só vai usar todos os produtos juntos apenas uma vez ao dia, de preferência na última higiene. No mais, o ritual deve ser feito com escova e aquele creme dental de costume.

4) Você não pode comer tudo que gosta: Tem gente que usa aparelho e come de tudo, mas essa atitude não é recomendada pelos dentistas. Algumas restrições são necessárias para o paciente não correr o risco de quebrar nenhum bráquete. Isso significa que você vai abrir mão de alguns alimentos, como o amendoim, bala de caramelo, espiga de milho, pipoca, entre muitos outros que são durinhos e crocantes. Deixe para comer tudo isso quando tirar o aparelho. Não custa nada esperar um pouco, né?

5) O resultado é maravilhoso: Apesar de tantos processos, todo tratamento vale a pena. Ver o seu sorriso certinho e alinhado é uma sensação incrível. Por isso, não desista, não falte as consultas de manutenção, faça a higiene bucal e siga todas as recomendações do dentista. Ele sabe o que é importante para o seu sorriso. No final, você vai agradecê-lo por tudo.

Fonte:Sorrisologia




Comentários

Localização

Saiba tudo sobre Aparelhos Dentais

Saiba tudo sobre Aparelhos Dentais
Seu aparelho tem que ter a nossa marca

Postagens mais visitadas